Inventário Florestal

Com o objetivo de subsidiar a valoração dos serviços ambientais prestados pelo fragmento da Serra da Papuã, OCT e UFRB desenvolvem duas linhas de pesquisa.

A OCT e a Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB) firmaram parceria em 2012 para duas pesquisas que tem o intuito de realizar o levantamento florístico e mensurar o estoque de carbono florestal, objetivando, subsidiar a valoração dos serviços ambientais prestados pelo fragmento da Serra da Papuã.

A primeira pesquisa trata da densidade da madeira, que é uma variável importante para quantificação de carbono, e muitas vezes a determinação da mesma para todas as espécies presentes no levantamento não é possível. Assim o objetivo deste estudo é apresentar, para estudos cujo objetivo é a quantificação de biomassa e carbono, com enfoque para Mata Atlântica, uma alternativa para situações nas quais a determinação da densidade básica da madeira para todas as espécies encontradas não tem condições de ser realizada.

A segunda, tem como objetivo quantificar biomassa e carbono da vegetação arbórea de fragmento de Mata Atlântica localizada na APA do Pratigi. Realizou-se inventário em um setor da floresta de 170 hectares, no qual foram implementadas 20 parcelas permanentes de 500 m2, nas quais se mensurou todos os indivíduos com diâmetro (D) a 1,30 m de altura (A) do peito (P)  (DAP) > 5 cm. Utilizando informações sobre composição de espécies, mediante levantamento fitossociológico realizado na mesma área, realizou –se uma revisão de literatura para obtenção da densidade básica da madeira das espécies presentes no local.

Sustentabilidade que assegura o futuro

Sustentabilidade que assegura o futuro

Princípios e conceitos, principais resultados e projeções para o futuro.

Parceiros