OCT | Beneficiário da OCT recebe prêmio de Agricultura Familiar Sustentável do Banco do Nordeste

No último dia 29, de outubro, ocorreu a 14ª edição do Prêmio Banco Nordeste, e a 6ª edição do Prêmio Banco do Nordeste de Agricultura Familiar. Por meio da premiação, o BNB reconheceu as iniciativas de sucesso entre seus clientes que obtiveram crédito com o Crediamigo (microcrédito urbano), o Agroamigo (microcrédito rural) e pelo Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

A seleção que ocorreu em todos os estados nordestinos, além de Minas Gerais e Espírito Santo, foi destinada para os clientes que optaram por investimentos em inovação e tecnologia, com reconhecimento pelo uso de métodos, equipamentos e processos inovadores, mecanização e automação; beneficiamento e comercialização, observando a agregação de valor aos produtos e melhorias nas condições de venda; e sustentabilidade, como reconhecimento às iniciativas que valorizem a exploração econômica com preservação do meio ambiente e/ou utilizem métodos agroecológicos de produção.

Arival dos Santos Mamédio, de Piraí do Norte – Bahia, beneficiário da OCT, foi o vencedor do VI Prêmio Banco do Nordeste de Agricultura Familiar na categoria Sustentabilidade. Seu Arival e dona Lourdes recebem assistência técnica da OCT desde 2013. Referência em conservação da terra e manejo agrícola orgânico e reconhecida com certificações internacionais. A família desenvolveu a implantação de Sistemas Agroflorestais (SAF) biodiversos e agroecológicos, modo de plantio que combina culturas agrícolas com espécies arbóreas e não utiliza agrotóxicos.

 Seu Arival enriqueceu a propriedade com plantio de banana tipo prata, cupuaçu, jaca, jenipapo, abacate, cedro e ipê amarelo. O agricultor também modificou o manejo da área, aplicando técnicas agroecológicas, uso de biocaldas e adubos orgânicos. O trabalho realizado tem promovido o equilíbrio de sombra na área, diminuindo a incidência solar diretamente no cacaueiro e a diversificação agrícola, diminuindo a dependência do agricultor de apenas dois cultivos.

Feliz com a indicação e o reconhecimento pelo trabalho desenvolvido em sua propriedade, seu Arival, declara com orgulho a conquista da premiação. “Ser o vencedor dessa categoria é uma satisfação muito grande, é o reconhecimento de um trabalho, que não faço sozinho, além de mim, vem a minha família e o acompanhamento da OCT, que sempre está me apoiando com assistência técnica. Produzir com sustentabilidade é um desafio, e todos podem conseguir. Hoje me sinto honrado em ser referência para a minha cidade e toda região”.

“Além da OCT, o Banco do Nordeste contribuiu bastante para desenvolvimento da minha propriedade. Por meio do Pronaf, eu consegui passar por um momento bem difícil, que foi a crise da vassoura de bruxa, aprendi a conviver com a doença sem desistir da produção. Com essa parceria iniciada há mais de 25 anos, consegui recuperar minha lavoura cacaueira, devastada pela doença”,  afirma Mamédio.

O produtor que sempre esteve atrelado à sustentabilidade, veio buscando melhorias na redução da emissão de Gases do Efeito Estufa (GEE), preservação da Mata Atlântica e melhoria da qualidade das amêndoas de cacau. Para isso, em 2016 o cacauicultor implantou uma estufa solar em substituição ao secador à lenha, muito comum na região. 

A família, que cresceu em contato com a agricultura e sempre buscou aliar produção com sustentabilidade, hoje é referência na região, onde realizam dias de campo para capacitar e orientar seus vizinhos quanto às técnicas sustentáveis utilizadas na propriedade. Esse destaque se deve ao manejo agrícola orgânico e a gestão de propriedade.

O superintendente do BNB de Valença – Bahia, Bruno Ricelli de Oliveira Carneiro, agência da qual seu Arival é cliente, destaca que o prêmio traz um reconhecimento significativo do compromisso e profissionalismo do núcleo produtivo da família de seu Arival Mamedio. “O prêmio sem dúvida servirá para enfatizar como práticas agroecológicas podem potencializar a produtividade de pequenas propriedades rurais. Essa premiação, potencializa ainda mais a agricultura familiar, pois acredito, que esse seja o caminho e o método a ser praticado na luta por liberdade econômica e social das famílias do nosso Nordeste, assim BNB reafirma e se posiciona ao lado daqueles que acreditam na agricultura familiar como a melhor forma de avanço social”, conclui Bruno.

 


  • 11/11/2021 • Geral

Relatório Anual 2020

Relatório Anual 2020

Baixe aqui!

Parceiros